O que fazemos para tornar a Web mais segura

Nossa equipe de segurança criou o Navegação segura para identificar sites não seguros e informar usuários e webmasters a fim de protegê-los de danos. Ao fornecer detalhes sobre as ameaças detectadas e os avisos exibidos, esperamos contribuir para a compreensão do estado de segurança na Web e incentivar práticas de segurança mais eficientes.

Aproximadamente, um bilhão de pessoas usam o Navegação segura do Google. Ajudamos dezenas de milhões de pessoas a se protegerem de danos todas as semanas enviando avisos aos usuários do Google Chrome, Mozilla Firefox e Safari da Apple quando eles tentam acessar websites que roubariam suas informações pessoais ou instalariam softwares criados para controlar seus computadores.

Ocorreu um erro ao carregar a gráfico. Tente novamente.

Usuários que recebem avisos de navegadores por semana

Os avisos são exibidos quando o usuário acessa um site identificado como não seguro ou quando faz o download de software malicioso.

Mais informações

Exibiremos avisos nos resultados da Pesquisa do Google se um website listado puder danificar o computador de uma pessoa.

Ocorreu um erro ao carregar a gráfico. Tente novamente.

Avisos de malware na Pesquisa do Google

Número de resultados da Pesquisa do Google por semana com um aviso de ameaças a usuários.

Mais informações

Websites não seguros

A tecnologia do Navegação segura do Google examina bilhões de URLs por dia à procura de websites não seguros. Todos os dias, descobrimos milhares de novos sites não seguros, muitos deles são websites legítimos que foram comprometidos. Quando detectamos esse tipo de site, exibimos avisos na Pesquisa do Google e nos navegadores da Web.

Esses sites não seguros se dividem em duas categorias, e ambas ameaçam a privacidade e a segurança dos usuários:

  • Sites com malware têm um código para instalar software mal-intencionado nos computadores dos usuários. Hackers utilizam esse software para capturar e transmitir informações particulares ou confidenciais dos usuários.
  • Sites de phishing fingem ser legítimos e tentam fazer com que os usuários digitem o nome de usuário e a senha ou compartilhem outras informações particulares. Exemplos comuns são páginas da Web que falsificam a identidade de websites de bancos ou de lojas on-line legítimas.

Ocorreu um erro ao carregar a gráfico. Tente novamente.

Mais informações

Ocorreu um erro ao carregar a gráfico. Tente novamente.

Mais informações

Para entender malware

Sites com malware instalam software mal-intencionado nas máquinas de usuários a fim de roubar informações particulares, roubar a identidade ou atacar outros computadores. Quando as pessoas visitam esses sites, é feito o download de um software que invade o computador, sem o conhecimento dos usuários.

Sites de ataque são usados propositalmente por hackers para hospedar e distribuir software mal-intencionado.

Sites comprometidos são sites legítimos que foram invadidos para incluir o conteúdo dos sites de ataque.

Visualize informações de malware por país.

Ocorreu um erro ao carregar a gráfico. Tente novamente.

Mais informações

Notificação para webmasters

O Navegação segura alerta os webmasters caso os sites sejam invadidos e fornece informações para ajudar a resolver o problema. Detalhamos as etapas de recuperação de uma infecção e fornecemos aos webmasters exemplos do código específico que foi inserido no site. Para aproveitar esses serviços, os webmasters podem registrar-se nas Ferramentas do Google para webmasters gratuitamente.

Tempo de resposta do webmaster
Avaliamos a rapidez com que os webmasters limpam seus sites após receberem as notificações de que estes foram comprometidos.

Taxa de reinfecção do webmaster
Mesmo após um site ser limpo, ele pode ser reinfectado caso ainda exista uma vulnerabilidade subjacente. Medimos a taxa de reinfecção desses sites.

Ocorreu um erro ao carregar a gráfico. Tente novamente.

Mais informações

Ocorreu um erro ao carregar a gráfico. Tente novamente.

Mais informações

Os hackers comprometem os sites de diversas maneiras, o que pode tornar o processo de limpeza desafiador. Confira nossa série de vídeos que descrevem as infecções de malware e o processo de limpeza.

Aviso: você foi direcionado para este site pelo autodenominado Safe Web Alliance, um site de terceiros que pode não ser seguro. O site não é afiliado ao Google ou ao serviço de Navegação segura.
OK